Vacina contra chikungunya mostra-se eficaz em primeiro teste em humanos

Uma vacina experimental contra o vírus chikungunya mostrou-se eficaz no primeiro teste com humanos, feito com 25 adultos saudáveis nos Estados Unidos. A pesquisa foi conduzida por pesquisadores do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infeciosas (NIAID), que faz parte dos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos (NIH). Os resultados foram publicados na edição desta semana da revista científica "The Lancet".

A nova vacina é composta de partículas semelhantes a vírus (ou VLP, na sigla em inglês). Essas partículas imitam os efeitos no sistema imunológico que seriam provocados pelas partículas do vírus de verdade. Mas não podem causar infecção porque não têm o material genético do vírus. Resultados anteriores, feitos em macacos rhesus, já tinham sido promissores, protegendo os animais de infecções. Ler matéria completa