Estudo brasileiro sugere manteiga enriquecida para tratar Alzheimer

O consumo de manteiga enriquecida com um tipo especial de ácido graxo extraído do leite ajuda no tratamento de pacientes na fase inicial do Alzheimer, indicaram pesquisadores brasileiros em um experimento realizado com ratos de laboratório.

As provas demonstraram que uma dieta rica nessa manteiga modificada aumenta a atividade de uma enzima vinculada à memória e reduz os danos provocados pela doença nesta função, segundo um comunicado da Universidade de São Paulo (USP), responsável pela pesquisa. Ler matéria completa