Astrônomos criam catálogo com 84 milhões de estrelas da Via Láctea

Usando uma imagem com 9 gigapixels (o equivalente a 9 bilhões de pixels) de resolução, um time internacional de astrônomos criou um catálogo com mais de 84 milhões de estrelas do centro da Via Láctea, mais de dez vezes mais do que trabalhos parecidos feitos anteriormente, anunciou nesta quarta-feira (24) o Observatório Europeu do Sul (ESO, na sigla em inglês). A ferramenta permite ter uma vista geral e “dar zoom” para observar os astros.

A imagem usada é tão grande que, se fosse impressa com a resolução de um livro comum, seria necessária uma folha de 9 metros de comprimento e 7 metros de largura. Segundo Dante Minniti, coautor do catálogo, a observação do centro da Via Láctea é difícil porque concentra muita poeira cósmica. Para se chegar a uma imagem de precisão, foram usadas várias fotos menores feitas com detectores de alta sensibilidade para luz infravermelha instalados no observatório europeu de Paranal, no Chile. Ler matéria completa