Proporção dos mais ricos no ensino superior público caiu 33% desde 2004

Entre 2004 e 2014, a proporção dos alunos de universidades públicas que pertencem aos 20% da população com a mais alta renda mensal familiar per capita do país caiu 33%. Há 11 anos, eles representavam 54,5% do total de estudantes no ensino superior da rede pública. Agora são 36,4%, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) apresentados na Síntese de Indicadores Sociais (SIS), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta sexta-feira (4).

A Síntese de Indicadores Sociais é uma publicação anual que reúne pesquisas sobre as condições de vida da população. Há dados sobre demografia, renda, trabalho, família, educação e saúde. Ler matéria completa