Educação: 1/4 das escolas precisa de reforma, e faltam 6 mil docentes no DF

O aposentado Júlio Gregório assume a Secretaria de Educação do Distrito Federal ciente de que são grandes os desafios: a estimativa é de que pelo menos 25% das escolas públicas precisem de reforma e sejam necessários 6 mil contratos temporários para cobrir atestados médicos e licenças-maternidade no início do ano letivo de 2015. A qualidade do ambiente – considerando os índices de depressão e ansiedade de professores e estudantes – e a otimização dos recursos tecnológicos também estão entre as preocupações do novo gestor.

(O G1 publica nesta quinta-feira, dia da posse do governador Rodrigo Rollemberg, entrevistas com os secretários de três das principais pastas do Executivo local. Saiba as primeiras medidas e desafios apontados pelos novos responsáveis por Mobilidade e Segurança) Ler matéria completa