Como um livro entregue na solitária transformou preso em aluno de uma das principais universidades dos EUA

O americano Reginald Dawyne Betts era um garoto estudioso que nunca havia tido problemas com a Justiça – até cometer um "erro terrível" em dezembro de 1996, aos 16 anos.

"Um homem estava dormindo em seu carro no estacionamento do shopping de Springfield. Eu e um amigo o roubamos à mão armada e levamos seu carro", conta ele. Ler matéria completa