Apesar do Solar Impulse II, aviação 100% elétrica não é para amanhã

A façanha dos pilotos do Solar Impulse II, Bertrand Piccard e André Broschberg, que conseguiram dar a volta ao mundo em um avião movido a energia solar, permite sonhar com aparelhos completamente ecológicos e silenciosos, mas esta perspectiva ainda está muito longe, segundo os especialistas.

"Muito em breve haverá passageiros a bordo de aviões elétricos que serão recarregados em terra", disse Piccard, reconhecendo, no entanto, que ainda teremos que esperar para contar com aviões solares. Ler matéria completa