Aluno da Medicina da USP suspeito de estupros recebe nova suspensão

A Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) decidiu aplicar  nova suspensão a um estudante do último ano do curso de medicina. Ele é suspeito de estuprar duas alunas da faculdade e, além do processo administrativo, responde a um processo criminal pelas acusações. O nome do aluno não foi informado e as investigações correm sob sigilo.

Em abril, o aluno foi suspenso da faculdade por 180 dias por "infração disciplinar", após o resultado de uma comissão processante que analisou as denúncias. O prazo da suspensão terminaria no início de outubro, mas, em setembro, ele recebeu uma nova suspensão, desta vez por mais um ano, a pedido da Reitoria. Ler matéria completa