USP reúne calouras ‘supercampeãs’ dos grandes vestibulares de medicina

Neste ano, só 37,7% dos 175 calouros de medicina na Universidade de São Paulo (USP) são mulheres. Mas três delas, além de terem sido aprovadas no vestibular da Fuvest 2015, também conquistaram as maiores notas na USP e em outras seis instituições.

A estudante Ana Luisa Smith Rocha, de 18 anos, atingiu as notas máximas na primeira e na segunda fases da Fuvest, após ganhar o bônus do Inclusp, e ficou em primeiro lugar na Faculdade de Medicina da USP (FMUSP). Ela também foi a primeira colocada na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Ler matéria completa