Sessenta e sete universidades federais não voltaram às aulas

Milhares de alunos de universidades federais voltariam às aulas nesta segunda-feira (3). Mas por causa da greve dos servidores técnicos e administrativos, o segundo semestre não começou ainda em 67 universidades. O número é da Federação de Sindicatos da categoria.

Mil e trezentos alunos estão sem aula, na Unifesp, em São José dos Campos, interior de São Paulo. No Rio de Janeiro, aula na UFRJ, só depois que a paralisação acabar. Os alunos da UFF, em Niterói, também estão sem aula. Se o segundo semestre não começou nessas federais, os universitários nem terminaram o primeiro semestre em Sergipe. Em todo país servidores técnicos e administrativos estão parados desde maio. A principal reivindicação é o reajuste salarial. Ler matéria completa