Servidores de universidade federais aderem à greve de professores

Servidores de universidades federais aderiram à greve dos professores, que começou no mês passado. Milhares de universitários de todo o país estão sem aulas. Na Bahia, a situação é ainda mais grave.

São 12 mil estudantes universitários na Bahia e 1,1 milhão de estudantes da rede estadual sem aulas há 63 dias. Na semana passada, o governo ofereceu um reajuste de 22% para os professores sem nível superior. Os outros professores teriam reajuste de 7% a 7,5% nos meses de novembro, deste ano, e abril, do ano que vem. Ler matéria completa