Professores de universidades estaduais do Paraná entram em greve

Professores de universidades estaduais do Paraná entraram em greve por tempo indeterminado nesta terça-feira (10). A greve se deve ao chamado “pacotaço” encaminhado pelo governador Beto Richa (PSDB) à Assembleia Legislativa. As medidas, de acordo com o governo estadual, tem o intuito de gerar economia e aumentar a arrecadação. Para isso, por exemplo, alguns benefícios do funcionalismo público seriam cortados. Os professores universitários dizem ainda que no "pacotaço" há medidas que afetam a autonomia universitária.

Ao todo, as sete universidades estaduais do Paraná têm juntas 7 mil docentes, 8,6 mil agentes universitários e mais de 75 mil alunos. Ler matéria completa