‘Nota mil’ na redação do Enem, aluna do RS sonha em ser professora

Para a estudante Giovana Segat, 18 anos, a nota 1.000 na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi uma grata surpresa. Apesar de toda a preparação ao longo do ano passado, que incluiu a produção de pelo menos um texto por semana, a jovem não estava certa de que atingiria a pontuação máxima. Moradora de Caxias do Sul, na Serra do Rio Grande do Sul, ela conta que chegou a sentir medo de "zerar a prova" quando soube que mais de 529 mil alunos não haviam pontuado no teste.

"Eu não imaginava. Peguei o rascunho e levei para minha professora do cursinho. Ela achou que eu fosse tirar uns 800, mais ou menos. E aí quando saiu que meio milhão tinham zerado, pensei ‘meu Deus, será que eu zerei também?’. Depois eu vi a minha nota e comemorei bastante, comecei a gritar”, diverte-se ela. Ler matéria completa