Estudante do RS ganha direito de ver correção de redação do Enem

Thiago afirmou que considera a decisão como uma “vitória moral”. Até a tarde desta terça-feira (26), no entanto, ele ainda não havia recebido o espelho da correção da prova. Após ter acesso à correção, ele pretende pleitear uma nova avaliação do texto pelos examinadores, com a expectativa de ver a nota que recebeu, de 560, aumentada. 

“Vou tentar de novo para conseguir uma vaga no curso de gastronomia da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA). Se aumentarem a nota, talvez eu consiga entrar pelo último colocado. Vamos ver”, disse ao G1 o estudante, que também pretende se inscrever no segundo semestre no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Ler matéria completa