Campeão de informática, filho de doméstica vai estudar na Poli-USP

A família de Ramon Silva de Lima, que vive na Avenida São João, no Centro de São Paulo, só deve comemorar a aprovação do filho mais velho na Universidade de São Paulo neste domingo (3). Aos 17 anos, ele passou em engenharia na Fuvest 2013, e será o primeiro da casa a alcançar o ensino superior. "Eu e o pai dele trabalhamos aos sábados, por isso penso em proporcionar para ele um almoço no domingo". contou ao G1 Iolanda Antônia da Silva, que trabalha como porteira e arrumadeira em uma casa de família em Higienópolis. O marido cuida da limpeza de um prédio no mesmo bairro. A lista foi divulgada na sexta-feira (1º).

Passar na Escola Politécnica da USP, considerada a melhor universidade da América Latina, se soma a feitos que o jovem coleciona há vários anos: até agora, são mais de 10 medalhas em competições de matemática, física, robótica, informática e ciências. A que ele guarda com mais orgulho é a da Olimpíada Internacional Júnior de Ciências, na Nigéria, em 2010. "Eram provas de física química e biologia para jovens de até 15 anos", explicou. Ler matéria completa