Tratar a pessoa com deficiência com respeito é sempre o melhor caminho

 O esporte é um meio de tirar o deficiente do hospital e devolvê-lo à sociedade. A fisiatra Dra. Elizabete Saito Guiotoku, convidada do Bem Estar desta terça-feira (6) explica que o esporte passou a fazer parte da vida do deficiente há mais ou menos 10 anos e que para os profissionais de saúde que trabalham com reabilitação é uma grande conquista.

O jornalista Jairo Marques, que cobriu os jogos paralímpicos em Londres, conta que voltou muito impressionado, principalmente pelo prestígio recebido pelos atletas, os estádios lotados, as famílias assistindo aos jogos. Ler matéria completa