Prótese de silicone banida causou morte de francesa, diz associação

Esta seria a primeira morte no país causada por implantes mamários de silicone da empresa francesa Poly Implant Prothèse (PIP), exportados para inúmeros países.

Antes de sofrer uma liquidação judicial no ano passado e ser acusada de fraude na fabricação das próteses mamárias, a PIP era a terceira maior fabricante mundial do produto. Ler matéria completa