Pequim fecha fábricas e restringe carros, mas poluição ainda é alta

A Prefeitura de Pequim, na China, interditou temporariamente 103 fábricas altamente poluidoras e retirou das ruas 30% da frota governamental de veículos, informou a imprensa estatal nesta terça-feira (29). Apesar das medidas, a poluição atmosférica na capital chinesa continua em níveis perigosamente elevados.

Há cerca de dois meses a qualidade do ar fica nas categorias "muito insalubre" ou "nociva". Na terça-feira, um índice mantido pela embaixada dos EUA em Pequim chegou a 517, descrito pela embaixada como "além do índice". Ler matéria completa