Países latinos vão definir posturas comuns para a cúpula da Rio+20

Tendo o combate à desigualdade e à pobreza como bandeira, ministros e delegados de 32 países da América Latina e do Caribe definirão nesta semana, em Quito, no Equador, posições comuns para a Conferência da ONU sobre Desenvolvimento Sustentável Rio+20, que será realizada no Rio de Janeiro em junho.

Segundo a ministra coordenadora de Patrimônio do Equador, María Fernanda Espinosa, a reunião prévia buscará uma "voz comum" em temas como o fortalecimento da boa governança em matéria de desenvolvimento sustentável na região. Ler matéria completa