Guiné, Serra Leoa e Libéria fecham fronteira comum onde ebola surgiu

Guiné, Libéria e Serra Leoa anunciaram nesta sexta-feira (1º) que vão colocar em quarentena a região fronteiriça comum, onde surgiu o último surto do vírus ebola, que deixou mais de 700 mortos.

O anúncio foi feito durante uma reunião de emergência em Conacri, capital da Guiné, para discutir a epidemia e depois de a Organização Mundial de Saúde (OMS) alertar que o ebola pode provocar uma perda catastrófica de vidas e severos prejuízos econômicos, se continuar a se espalhar. Ler matéria completa