Fumo ativo é a 1ª causa evitável de mortes e o passivo é a 3ª, diz médica

Após o Bem Estar desta terça-feira (3), a cardiologista Jaqueline Issa respondeu a dúvidas da internet sobre tabagismo. Segundo ela, quem está no período de abstinência deve buscar um profissional, e as primeiras semanas são as mais difíceis, pois há uma fissura muito grande.

Substituir o cigarro por cenouras, chicletes ou outros alimentos só resolvem se a pessoa também estiver medicada, disse a especialista. A mudança comportamental é um complemento, válido quando acompanhado de ajuda química. Aí, sim, os hábitos podem ser modificados. Ler matéria completa