Cuba ‘não mercantiliza’ médicos, diz vice-ministra da Saúde cubana

A vice-ministra da Saúde de Cuba, Marcia Covas, afirmou nesta segunda-feira (26), durante aula inaugural em Brasília do curso de acolhimento e avaliação aos profissionais estrangeiros do programa Mais Médicos, que seu país não “mercantiliza” médicos.

Segundo a representante de Havana, todos os 400 médicos cubanos que desembarcaram no Brasil por meio de convênio com o governo brasileiro têm empregos em Cuba e vieram ao país "por solidariedade". Ler matéria completa