Ativistas presos serão levados para São Petersburgo, diz Greenpeace

A organização ambiental Greenpeace divulgou nesta sexta-feira (1º) que os 28 ativistas e dois jornalistas detidos na Rússia há mais de um mês e mantidos em Murmansk “estão sendo transferidos” para São Petersburgo, uma das maiores cidades do país. No grupo está a brasileira Ana Paula Maciel. O Itamaraty não confirmou a transferência e disse que ainda não recebeu qualquer informação a respeito.

O escritório da organização no Brasil afirmou que os 30 ainda permanecem em Murmansk e que a ONG não sabe a data certa de quando deve ocorrer a viagem para São Petersburgo. Ler matéria completa