Exercícios: Reino das Plantas

REINO DAS PLANTAS

  1. (UCDB-MT) São plantas vasculares:

a) pteridófitas, musgos e hepáticas.

b) hepáticas e angiospermas.

c) antóceros, hepáticas e musgos.

d) pteridófitas, gimnospermas e angiospermas.

e) apenas as angiospermas.

  1. (Cefet-MG) Raízes, caules, flores, folhas, sementes e frutos estão presentes apenas nas:

a) gimnospermas.

b) coníferas.

c) briófitas.

d) pteridófitas.

e) angiospermas.

  1. Analise a descrição abaixo: “Grupo de plantas de pequeno porte, encontradas em locais úmidos e sombreados, que crescem no solo ou sobre os troncos das árvores. Há poucas espécies dulcícolas e nenhuma marinha. Este grupo de plantas apresenta rizóides e não possui vasos condutores”.

Após a análise do texto, assinale a alternativa que apresenta o nome do grupo das plantas com as características apresentadas.

a) Briófitas.

b) Angiospermas.

c) Gimnospermas.

d) Dicotiledôneas.

e) Pteridófitas.

  1. Considere, no esquema a seguir, as características de determinados grupos vegetais. Assinale a alternativa cujos grupos vegetais estão representados, respectivamente, pelos algarismos I, II, III e IV.

a) Briófitas, gimnospermas, angiospermas e pteridófitas.

b) Pteridófitas, gimnospermas, angiospermas e briófitas.

c) Briófitas, angiospermas, gimnospermas e pteridófitas.

d) Pteridófitas, angiospermas, gimnospermas e briófitas.

e) Briófitas, gimnospermas, pteridófitas e angiospermas.

  1. Relacione a primeira coluna com a segunda:

1. Cálice

2. Corola

3. Androceu

4. Gineceu

( ) Conjunto de estames (antera+filete).

( ) Formado pelas sépalas.

( ) Conjunto de pétalas.

( ) Formado por uma ou mais folhas carpelares (estigma+estilete+ovário).

A relação está CORRETA em:

a) 1, 2, 3 e 4.

b) 2, 4, 3 e 1.

c) 3, 1, 2 e 4.

d) 4, 3, 1 e 2.

e) 2, 1, 4 e 3.

  1. O fato de, em algumas flores, o gineceu e o androceu amadurecerem ao mesmo tempo

a) garante floração mais prolongada da espécie.

b) propicia maior produtividade de frutos.

c) favorece a autofecundação.

d) reduz as chances de autofecundação.

e) impede a autofecundação.

  1. (UFRS) Briófitas e pteridófitas apresentam várias características em comum, mas também diferem em muitos aspectos. Assinale a característica que pertence a apenas um desses grupos de plantas.

a) Crescer preferencialmente em solos úmidos e sombreados.

b) Necessitar de água para reproduzir-se.

c) Não ter flores, sementes e frutos.

d) Ser criptógama.

e) Ser portadora de tecidos de transporte.

  1. (UFPR) GRALHA AZUL (Inamy Custódio Pinto)

Vem ver, vem conhecer

Minha Cidade Sorriso

Terra dos pinheirais

Vem ver, nossas riquezas

As mil e uma belezas

Um paraíso no sul.

Onde nasceu a Gralha Azul

Onde nasceu a Gralha Azul

O pinheiro dá pinha

Pinha dá o pinhão

Gralha Azul leva no bico

Vai fazer a plantação

Vôooa…

Gralha Azul tu és pequenina

Mas é grande o teu valor

És paranaense, bichinho

És bom, trabalhador

Vôooa… Gralha Azul, Gralha Azul.

De acordo com a letra do professor Inami Custódio, a gralha azul é uma plantadora de uma árvore

majestosa, o Pinheiro do Paraná. A que grupo vegetal esta árvore pertence?

a) Briófitas.

b) Pteridófitas.

c) Gimnospermas.

d) Monocotiledônea.

e) Dicotiledôneas.

  1. Sabemos que os vegetais podem ser classificados em alguns grupos básicos, que se distinguem pela ausência e presença de algumas características, tais como flores e vasos condutores. Entre as alternativas a seguir, marque aquela que indica o único grupo que não possui vasos condutores de seiva.

a) Briófitas.

b) Pteridófitas.

c) Gimnospermas.

d) Angiospermas.

  1. Um grupo de estudantes realizou uma aula de campo com seu professor de Biologia para aprender na prática sobre os grupos de planta. Ao chegar ao local, um aluno observou uma espécie e disse que se tratava de uma angiosperma. Que característica pode ter dado ao aluno a certeza de que se tratava desse grupo de planta?

a) Presença de sementes.

b) Presença de vasos condutores, o que garante que essas plantas sejam maiores.

c) Presença de folhas e outros órgãos com tecidos verdadeiros.

d) Presença de frutos envolvendo a semente.

e) Presença de raízes.

  1. Observe atentamente o nome das plantas abaixo e marque a alternativa que indica corretamente um representante das pteridófitas.

a) Musgos.

b) Pinheiros.

c) Mangueiras.

d) Milho.

e) Samambaia.

  1. (Umesp-SP) Atualmente, encontram-se catalogadas mais de 320 mil espécies de plantas, algumas de estruturas relativamente simples, como os musgos, e outras de organizações corporais complexas, como as árvores. Assim sendo, a alternativa que melhor explica a classificação dos vegetais é:

a) Gimnospermas: plantas avasculares, com raízes, caule, folhas, flores e frutos, cujas sementes estão protegidas dentro desses frutos. Ex.: arroz.

b) Briófitas: plantas de pequeno porte, vasculares, sem corpo vegetativo. Ex.: algas cianofíceas.

c) Angiospermas: plantas cujas sementes não se encontram no interior dos frutos. Ex.: pinheiros.

d) Gimnospermas: plantas avasculares; possuem somente raízes, caule, plantas de pequeno porte. Ex.: musgo.

e) Pteridófitas: plantas vasculares, sem flores; apresentam raízes, caule e folhas; possuem maior porte do que as briófitas. Ex.: samambaias.

  1. (UFPE) O Reino Vegetal foi dividido informalmente em dois grandes grupos: Criptógamos e Fanerógamos, considerando-se principalmente os aspectos reprodutivos. Abaixo, há uma série de exemplos de vegetais, identificados por algarismos e algumas de suas principais características:

1) Plantas vasculares, com sementes, porém sem frutos.

2) Plantas com sistema condutor de seiva, com flores, sementes e frutos.

3) Plantas com sistema condutor, com raízes e sem sementes.

4) Plantas avasculares, com rizóides e sem sementes.

As características descritas pelos algarismos de 1 a 4 representam, respectivamente:

a) gimnospermas, angiospermas, pteridófitas e briófitas.

b) pteridófitas, angiospermas, gimnospermas e briófitas.

c) pteridófitas, angiospermas, briófitas e gimnospermas.

d) angiospermas, gimnospermas, pteridófitas e briófitas.

e) angiospermas, gimnospermas, briófitas e pteridófitas.

  1. (PUC-RS) São vegetais que apresentam estruturas chamadas rizóides, as quais, servindo à fixação, também se relacionam à condução da água e dos sais minerais para o corpo da planta. Apresentam sempre pequeno porte, em decorrência da falta de um sistema vascular. Nenhum dos seus representantes é encontrado no meio marinho.

O texto acima se aplica a um estudo:

a) das pteridófitas.

b) dos angiospermas.

c) das briófitas.

d) das clorofitas.

e) das gimnospermas.

  1. Sabemos que os vegetais são seres autotróficos. Eles são capazes de produzir glicose utilizando gás carbônico e água em um processo denominado:

a) Fermentação lática.

b) Fotossíntese

c) Respiração celular

d) Respiração anaeróbia

e) Fermentação alcoólica

Xaxim

É provável que você já tenha ouvido falar em xaxim, um material fibroso utilizado em vasos ornamentais e que até a década de 1990 era encontrado com frequência em floriculturas e lojas de jardinagem.  O xaxim é um conjunto de fibras oriundas do caule da samambaia arborescente conhecia como samambaiaçu ou samambaia-imperial (Dicksonia sellowiana).  Essa samambaia, que pode atingir mais de 5m de altura e possui folhas compostas de até 2m de comprimento, é nativa da Mata Atlântica.

A extração desenfreada e criminosa do xaxim levou à diminuição das populações de samambaiaçu nas matas.  A espécie foi incluída na lista das espécies ameaçadas de extinção, divulgada pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). A extração do xaxim está proibida no Brasil desde 2001, e os infratores podem responder a processo judicial.

Atualmente vasos feitos da casca do coco ou de pneus reciclados são usados no lugar do xaxim.  Essa medida mostra que o ser humano pode encontrar alternativas que assegurem o uso sustentável dos recursos.

Com base na leitura do texto responda:

  1. O que é o xaxim?
  2. O que vem sendo utilizado atualmente no lugar do xaxim?

Pinhões e gralhas-azuis

A gralha-azul (Cyanocorax caeruleus), ave símbolo do Paraná, é um animal com um curioso hábito: ela coleta os pinhões da araucária e os enterra no solo, em diferentes locais, para ingeri-los depois. Nem todas as sementes enterradas, entretanto, são comidas posteriormente. Dessa maneira, alguns pinhões acabam germinando e originando novos indivíduos adultos do pinheiro-do-paraná.

Com base na leitura do texto responda:

  1. Qual a importância da gralha-azul para as araucárias?
  2. O que acontece com as sementes de pinhão enterradas pela gralha-azul?

Deixe uma resposta