QUÍMICA: Introdução

INTRODUÇÃO

Química = originada de uma palavra egípcia, KHEMEIA.

A arte de KHEMEIA floresceu no Egito (África) e era confundida com mistério, superstições, ocultismo e até mesmo religião.  Foram os árabes que mantiveram a KHEMEIA viva até 1100 D.C., que tornou-se ALKIMIYA (transformar metias em ouro), (manipular susbstâncias químicas para obter novas), (busca da vida eterna).

HISTÓRIA

  • Século V a.C.: o filósofo Empédocles imaginou que toda matéria era formada por quatro elementos: água, terra, fogo e ar (TEORIA DOS QUATRO ELEMENTOS).
  • 400 a.C.: filósofos Leucipo e Demócrito propuseram que toda matéria era constituída por pequenas partículas indivisíveis chamadas ÁTOMOS.
  • 350 a. C.: Aristóteles aprimorou a ideia de quatro elementos associando a cada um deles duas “qualidades” opostas. Cada um deles podia transformar-se em outro, pela adição ou remoção da “qualidade” que possuem.
  • O princípio do domínio da química é o domínio do fogo. Há indícios de que faz mais de 500.000 anos que algumas tribos de hominídeos (nossos ancestrais) conseguiram este sucesso que ainda hoje é uma das tecnologias mais importantes.

 

FOGO

  • Proporciona luz e calor durante a noite.
  • Proteção contra animais selvagens.
  • Preparação da comida cozida.
  • Diminuição dos microrganismos e facilidade na digestão (comida), abaixando a mortalidade e melhorando as condições de vida.

Desde este momento, teve uma relação intensa entre a cozinha e os primeiros laboratórios químicos.

A QUÍMICA COMO CIÊNCIA

Aristóteles acreditava que as substâncias eram formadas por quatro elementos, paralelamente, discorria outra teoria, o atomismo, que postulava que a matéria era formada por átomos, partículas indivisíveis que se podiam considerar como a unidade mínima da matéria.  Esta teoria não foi popular na cultura ocidental dado o peso das obras de Aristóteles na Europa.

  • Entre os séculos III a.C. e o XVI d.C., a química estava dominada pela alquimia. O objetivo de investigação mais conhecido da alquimia era a procura da pedra filosofal, um método capaz de transformar os metais em ouro.
  • Na investigação alquímica desenvolveram-se novos produtos químicos e métodos para a separação de elementos químicos.  A química, como é concebida atualmente, começa a se desenvolver entre os séculos XVI e XVIII.  Por volta do século XVIII desenvolvem-se métodos de medição cuidadosos que permitem um melhor conhecimento de alguns fenômenos, como o da combustão da matéria.

DEFINIÇÃO

QUÍMICA: Ciência que estuda a estrutura, a composição, as propriedades e as transformações da matéria.

IMPORTÂNCIA

Produção de substâncias sintéticas: borracha, fibras sintéticas, ligas metálicas (aço, ouro, bronze, latão).

Exemplo: Automóvel – para sua fabricação são utilizdas substâncias naturais e sintéticas.

Matéria-prima
Combustível Petróleo (decomposição de seres aquáticos); Cana-de-açúcar (álcool)
Lataria Aço (minério de ferro) – rocha a partir da qual se obtém o ferro
Vidro Areia (70%) + Sódio (14%) + Cálcio (14%)

Exemplos da química no cotidiano:

  • Para a massa do pão crescer, devemos usar fermento.
  • O álcool e a gasolina são combustíveis, por isso devem ser manuseados com cuidado.
  • Muitos ácidos são corrosivos.
  • A pólvora é um explosivo.
  • Não se deve jogar plástico no lixo comum, pois sua decomposição demora centenas de anos.
  • Não se deve usar o CFC, pois destroem a camada de ozônio.
  • O açúcar quando aquecido, “derrete” facilmente.

ENERGIA  E MEIO AMBIENTE

Para atender as demandas industriais, agrícolas e de transporte, é necessário produzir mais energia.

  • O petróleo, o carvão  acabarão em 100 anos.
  • A energia elétria envolve a construção de hidrelétricas.
  • Energia solar (células fotovoltaicas: transformam energia solar em energia elétrica).

SAÚDE E MEDICINA

  • A medicina se desenvolveu junto com a indústria farmacêutica. Novos medicamentos são descobertos e sintetizados em laboratório de investigação química e biológica.

ALIMENTAÇÃO E AGRICULTURA

  • Melhoria da qualidade das sementes.
  • Substâncias que combatem as pragas.
  • Facilita a produção de alimentos.

TECNOLOGIA

  • Energia elétrica
  • Pilha elétrica

1924 – Televisão     1945 – Computadores      1969 – Internet      1973 – Celulares

LIXO

Evitar o desperdício de materiais que têm valor econômico, reduzindo a exploração de recursos naturais. Políticas dos 3 Rs.

  • Redução do lixo
  • Reutilização
  • Reciclagem

Para reutilizar é necessário o descarte apropriado dos diferentes tipos de materiais.

  • Plástico: Vermelho
  • Metais: Amarelo
  • Vidro: Verde
  • Material não-reciclável: Prata (adesivos, etiquetas, espelhos, ampolas de medicamentos, cabos de panela, pilhas, latas de tintas, fotografias, teclados de computador, espuma).
  • Papel: Azul
  • Orgânico: Marrom

Atualmente 5 Rs: Reciclar, Reutilizar, Reduzir, Repensar, Recuperar.

 

 

Deixe uma resposta