Sistema ABO

Karl Landsteiner, no início do século XX, fez reagir amostras de sangue de diversas pessoas, isolando as hemácias e fazendo diferentes combinações entre plasma e hemácias.

O resultado obtido foi a presença de aglutinação dos glóbulos em alguns casos, e ausência em outros.

Dessa forma, foi descoberto que os seres humanos possuem três grupos sanguíneos: A, B e O. Assim, foi explicado por que tantas pessoas morriam depois de transfusão sanguínea.

O sangue AB, mais raro, foi descoberto anos depois por colaboradores de Landsteiner.

Qual a diferença entre o sangue A, B, AB ou O?

O sangue humano possui uma parte líquida chamada de plasma, nela são encontradas as aglutininas (anti-A e anti-B), que atuam como anticorpos e reagem contra os aglutinogênios (A e B), presentes nas hemácias sanguíneas.

Sendo assim, podemos concluir que:

SANGUE

AGLUTINOGÊNIO

AGLUTININA

A

A

Anti-B

B

B

Anti-A

AB

A e B

Nenhuma

O

Nenhum

Anti-A e Anti-B

Ou seja, uma pessoa de sangue B apresenta aglutinogênio B e aglutinina anti-A, significa que seu sangue irá reagir (aglutinar) na presença de aglutinogênio A.

Uma pessoa de sangue O não tem aglutinogênio, portanto seu sangue é aceito pelos sangues A, B e AB. Mas o sangue O reage na presença dos aglutinogênios A e B por ter aglutininas anti-A e anti-B.

1-tipos-sanguíneos-sistema-ABO-reduzida

Deixe uma resposta