Exercícios: Texto Vacina da Poliomielite

A GOTA QUE SALVA

 

            A paralisia infantil, também chamada de poliomielite ou simplesmente pólio, é uma doença que ataca a medula espinhal e leva crianças e também adultos à perda de movimentos.

Essa doença está diminuindo bastante e acredita-se que em pouco tempo estará erradicada, isto é, não existirá mais. Será possível erradicar essa doença com a vacinação.

Em 1954 o médico norte-americano Jonas Salk formulou uma vacina que suava os vírus mortos da pólio.  Esses vírus eram injetados em três doses nas crianças, aos 3, 4 e 5 meses de idade.

Era uma ótima vacina, mas como fazer para dar injeções em milhões de crianças?

E mais, muitos pais não levariam os filhos achando que eles não contrairiam a doença e não compensaria a dor da injeção. Dessa forma seria difícil combater a doença.

Uma outra fórmula foi inventada, então, por outro médico, chamado Albert Sabin. Sabin nasceu na Polônia e aos 15 anos passou a viver nos Estados Unidos.  Era dentista e só passou a dedicar-se à Medicina quando um amigo seu foi morto em consequência de uma mordida de macaco.

Estudou Microbiologia, ramo da Biologia e da Medicina que estuda os vírus e outros microrganismos.

No final da década de 1950, Sabin inventou uma outra vacina contra a pólio, bem mais prática que a vacina do Dr. Salk. Usava vírus vivos que não eram injetados, mas tomados por via oral. Dessa forma muito mais crianças poderiam ser vacinadas em menor tempo e com menos gastos.

O uso generalizado dessa vacina no mundo inteiro praticamente acabou com essa terrível doença.

 

Após a leitura do texto, responda:
1.     Qual é a parte do corpo afetada pela poliomielite? O que ela causa?
2.     Qual foi a primeira vacina para o combate à esta doença?
3.     Porque a vacina formulada por Salk não foi tão aceita?
4.     Quem foi Albert Sabin?
5.     Qual a vantagem da vacina de Sabin em relação à do Dr. Salk?

Deixe uma resposta