Exercícios: Primeira Lei de Mendel

Dominância completa
1.     Olhos castanhos são dominantes sobre os olhos azuis. Um homem de olhos castanhos, filho de pai de olhos castanhos e mãe de olhos azuis, se casa com uma mulher de olhos azuis. A probabilidade de que tenham um filho de olhos azuis é de:

Olhos castanhos – Dominantes – AA/Aa
Olhos azuis – Recessivos – aa

Se o homem possui olhos castanhos, podemos concluir que ele possui o alelo “A”.
Sabemos que ele é filho de pai de olhos castanhos (possui alelo “A”) e mãe de olhos azuis (possui alelos “aa”), portanto seu genótipo é “Aa”, já que ele recebe um alelo do pai e um alelo da mãe.
Este homem casa-se com uma mulher de olhos azuis, então temos:
Aa x aa
Aa Aa aa aa –> 50% da criança possuir olhos castanhos e 50% da criança possuir olhos azuis

Dominância incompleta
2.     Em galinhas da raça minorca, a plumagem pode ser branca, preta e cinza-azulado.  Do cruzamento de dois indivíduos um branco e outro preto, encontre os genótipos e fenótipos de F1 e F2.

Branca: BB
Preta: PP
Cinza-azulado: BP (nos casos de dominância incompleta a presença dos dois alelos expressam um fenótipo intermediário)

Cruzamento:
BB x PP
F1 –> BP BP BP BP = 100% Cinza-azulado
BP x BP
F2 –> BB BP BP PP = 25% Branco, 50% Cinza-azulado, 25% Preto

Co-Dominância
3.     Os grupos sanguíneos do sistema MN são: M,N e MN,determinados por dois alelos de um gene :M e N. Um homem de sangue M, casa-se com uma mulher de sangue N, sendo uma caso de co-dominância, encontre os genótipos e fenótipos de F1 e F2:

M = MM
N = NN
MN = MN (nos casos de co-dominância, a presença dos dois alelos expresam as duas características)

Cruzamento:
MM x NN
F1 –> MN MN MN MN = 100% MN
MN x MN
F2 –> MM MN MN NN = 25% MM, 50% MN, 25% NN
Pleiotropia e Genes Letais
4.     Em determinado tipo de camundongo, a pelagem branca é condicionada pela presença do gene “A”, letal em homozigose. Seu alelo recessivo “a” condiciona pelagem preta. Para os filhotes vivos de um cruzamento de um casal de heterozigotos, esperam-se as seguintes proporções de camundongos de pelagem branca e preta, respectivamente:

Pelagem branca = Aa
Pelagem branca (morre no útero materno) = AA
Pelagem preta = aa

Cruzamento:
Aa x Aa
AA Aa Aa aa
* AA morre durante o desenvolvimento embrionário.
* Aa Aa aa são os 100%
Temos: 66% Pelagem braca, 33% Pelagem preta

Gametas
5.     Em relação à anomalia gênica autossômica recessiva albinismo, qual será a proporção de espermatozóides que conterá o gene A em um homem heterozigoto?

Homem heterozigoto = Aa
Este homem produz dois tipos de gametas, um “A” e outro “a”, portanto a proporção de espermatozóides que terão o gene “A” será de 50%.

6.     De acordo com as leis de Mendel, indivíduos com genótipo:
a) AaBb produzem gametas A, B, a e b.
b) AaBB produzem gametas AB e aB.
c) Aa produzem gametas AA, Aa e aa.
d) AA produzem gametas AA.
e) AABB produzem dois tipos de gametas.

a) AaBb produz gametas = AB, Ab, aB e ab – incorreta
b) AaBB produz gametas = AB, AB, aB e aB – correta
c) Aa produz gametas = A e a – incorreta
d) AA produz gametas = A ou A – incorreta
e) AABB produz gametas = AB, AB, AB e AB – incorreta

Características
7.     Identifique entre as características mencionadas abaixo aquela que não é hereditária:
a) cor dos cabelos.                                            b) conformação dos olhos, nariz e boca.                                     c) cor dos olhos.
d) deformidade física acidental.                     e) hemofilia.

Letra D.

Alelos Múltiplos
8.     Num banco de sangue foram selecionados os seguintes doadores: grupo AB=5; grupo A=8; grupo B=3; grupo O=12. O primeiro pedido de doação partiu de um hospital que tinha dois pacientes nas seguintes condições:
Paciente I: possui ambos os tipos de aglutininas no plasma.
Paciente II: possui apenas um tipo de antígeno nas hemácias e aglutinina b no plasma.
Quantos doadores estavam disponíveis para os pacientes I e II, respectivamente?

Paciente I = Tipo O, pois possui ambos os tipos de aglutininas no plasma (anti-A e B).
Paciente II = Tipo A, pois possui apenas uma marcação na hemácia e aglutinina anti-B no plasma.

Paciente I = Tipo O, recebe apenas de O, portanto, 12 doadores.
Paciente II = Tipo A, recebe apenas de A e O, portanto, 20 doadores.

 

9.     Mariazinha, criança abandonada, foi adotada por um casal.  Um ano mais tarde, Antônio e Joana, dizendo serem seus verdadeiros pais, vêm reclamar a filha.  No intuito de comprovar a veracidade dos fatos, foi exigido um exame do tipo sanguíneo dos supostos pais, bem como de Mariazinha.  Os resultados foram:
Antônio  B, Rh+; Joana  A, Rh-;  Mariazinha  O, Rh-.
Você concluiria que:
a) Mariazinha pode ser filha de Joana, mas não de Antônio.
b) Mariazinha não é filha do casal.
c) Mariazinha é filha do casal.
d) Existe a possibilidade de Mariazinha ser filha do casal, mas não se pode afirmar.
e) Mariazinha pode ser filha de Antônio, mas não de Joana.

Antônio = B+ –   Genótipos = IB_ R_

Joana = A – Genótipos = IA_ rr

Mariazinha = O – Genótipos = ii rr

Para Mariazinha ser filha de Antônio e Joana, eles devem ter contribuído com os alelos “i” e “r” do seu genótipo.

Supondo que Antônio tenha o genótipo  IBi Rr e Joana IAi rr, eles podem ser pais de Mariazinha, mas não podemos afirmar com certeza.

Letra D.

10.   O avô paterno de uma mulher pertence ao grupo sanguíneo AB e todos os outros avós são do grupo O. Qual é a probabilidade de esta mulher ser do grupo AB?

Para uma mulher ser do grupo AB, ela precisa dos alelos IA e IB,  doados por seus pais.

Sabemos que o avô paterno é AB e os outros avós são O.

Se os avós maternos são do grupo O, sabemos que a mãe é do grupo O (ii) também, portanto ela só pode doar o alelo “i” para a filha.

Chegamos a conclusão de que existe 0% de chance desta mulher ser do grupo AB, pois sua mãe só pode lhe doar  o alelo “i”.

Fator Rh
11.   Uma mulher recebeu uma transfusão sanguínea.  Seu primeiro filho nasce com eritroblastose fetal. Classifique, quanto ao grupo sanguíneo Rh, a mulher, seu marido, a criança e o sangue que a mulher recebeu na transfusão:

 

 

Deixe uma resposta