Infarmed aprova novo fármaco para tratamento da psoríase

A psoríase é uma doença crônica da pele, não contagiosa, que pode surgir em qualquer idade, sendo muitas vezes socialmente estigmatizante. Afeta três por cento da população, o que, em Portugal corresponde a 250 mil pessoas. Até agora não existe cura, apenas tratamentos que diminuem o problema.

A praticamente duas semanas de se assinalar o Dia Mundial da Psoríase (29 de Outubro), o Infarmed aprovou a comercialização de um novo gel que quer “revolucionar o tratamento da psoríase do corpo”, diz a Leo Farmacêuticos em comunicado.

Comparticipado pelo Serviço Nacional de Saúde, o fármaco quer dar resposta a um dos principais problemas no tratamento da doença: a má adesão às terapêuticas actualmente disponíveis e o pouco cumprimento da prescrição médica.

Os princípios activos deste gel lipofílico, não alcoólico, são o calcipotriol e o dipropionato de betametasona. Está indicado no tratamento tópico da psoríase do corpo e couro cabeludo em adultos.

A posologia associada aconselha a aplicação do gel nas áreas afectadas uma vez por dia, sendo que o período recomendado para a duração do tratamento é de quatro semanas para o couro cabeludo e oito semanas para outras áreas do corpo.

Antes e depois do tratamento com o novo gel

A introdução deste novo gel no mercado representa um avanço significativo no tratamento da da doença, em especial no que diz respeito à qualidade de vida dos doentes. Permite uma maior comodidade na aplicação, sendo menos gorduroso do que as pomadas tradicionais e mais rapidamente absorvido, o que se traduz num menor tempo e menor esforço de aplicação.

Dados de estudos internacionais referem que 39 a 73 por cento dos doentes com psoríase não cumprem a terapêutica de acordo com a prescrição médica. Os principais motivos para a falta de adesão são o seu uso desagradável, a demora na aplicação e a percepção de pouca eficácia dos tratamentos.

Fonte: http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=55864&op=all

Deixe uma resposta