Plantas da Amazônia regulam o clima da região

Segundo um estudo publicado na revista «Science», realizado por uma equipe de investigadores internacionais, as plantas da floresta Amazônia, no Brasil, determinam o clima. O grupo de trabalho recolheu amostras de ar numa torre localizada a 80 metros de altura para analisar no acelerador de partículas norte-americano e descobriu que a vegetação existente na floresta brasileira liberta pequenas partículas de potássio que vão fazer com que chova.

Os cientistas que realizaram a experiência afirmam que 90 por cento das partículas de aerossóis, responsáveis por agregar água atmosférica em gotículas de chuva, contêm essas pequenas doses de potássio.

Os investigadores já sabiam da existência de sais de potássio em suspensão, mas não sabiam qual a sua origem. Consideram que o potássio apenas pudesse estar contido em partículas orgânicas maiores, e só apareceria depois de se degradar e não em pequenas partículas com 20 nanômetros.Para o estudo, climatólogos do Instituto Max Planck de Química, na Alemanha, mediram as concentrações de elementos em partículas através de uma técnica especial de microscopia – que gerou feixes especiais de luz em dois grandes aceleradores de partículas, um em Berlin e outro na Califórnia. A descoberta revelou mais um mecanismo usado pela floresta para tentar reter água.Os investigadores defendem que as plantas desenvolveram essa capacidade por seleção natural ao longo de milhares de anos. No entanto, a equipe gostaria de saber se “as plantas adquiriram essa capacidade de uma forma darwinista clássica ou se é apenas um subproduto criado por outros tipos de pressão evolutiva.”

Deixe uma resposta